תפריט נגישות
  • שינוי גודל טקסט

    • טקסט רגיל
    • טקסט בינוני
    • טקסט מוגדל
  • ניגודיות צבעים

    • שחור-לבן
    • ניגודיות גבוהה
    • ניגודיות רגילה
  • תצוגה

    • סמן גדול לבן
    • סמן גדול שחור
  •  

הינך נמצא כאן

Haifa Blog

05Nov2012
Aumentando a produção da soja: os benefícios da aplicação do Haifa bônus

Este trabalho confirma o efeito positivo esperado do Haifa Bônus no enchimento de grãos e consequentemente o seu benefício para suportar altos rendimentos

Aumentando a produção da soja: os benefícios da aplicação do Haifa bônus

A soja é um dos principais itens da produção agrícola no Brasil, sendo o segundo maior país em produção no mundo. Sua cadeia produtiva no agronegócio movimenta cerca de U$ 50 bilhões. 

As exportações brasileiras de soja (grão, farelo e óleo) aumentaram de U$ 4,2 bilhões em 2000 para U$ 17,2 bilhões em 2009, segundo dados da OMC, o que marca o maior aumento nas exportações de soja no país. 

Em 2011, o Brasil se tornou o segundo maior exportador mundial de soja. 

Com base nessas informações, a Haifa América do Sul desenvolveu um trabalho de campo com o produto Haifa Bônus, com o objetivo de descobrir qual é o efeito real sobre a soja e o quanto pode aumentar de nitrato de potássio via foliar. 

O experimento foi conduzido na área de pesquisa da Fundação Rio Verde, um renomado centro tecnológico e desenvolvimento que se localiza no município de Lucas do Rio Verde no estado do Mato Grosso do sul. 

O experimento foi instalado em blocos casuais com três tratamentos de sete repetições. Cada parcela teve as dimensões de 8 linhas de plantio com 6 metros de comprimento, totalizando 21,6 m² por gleba, num total de 21 parcelas. Os tratamentos usados no experimento estão descritos na Tabela 1. 

O pH da solução de pulverização da testemunha foi 5,20 e no tratamento com a adição de 6.0kg.ha-1 de Haifa bonus (5%) de dosagem seu pH foi de 5,15. Ao usar 8.0kg.ha-1 de Haifa bonus (6,6%), o pH da solução foi para 5,02. Houve uma ligeira redução no pH da solução, quando aumentado a dosagem do fertilizante, no entanto, esta redução não foi significativa, não causando perdas de qualidade na pulverização final. 

O conteúdo de macro e micronutrientes no tecido foliar das amostras de soja coletadas no estágio R1 apresentaram níveis de N mais elevados nos tratamentos feitos com Haifa-Bônus quando comparado com a testemunha. 

A aplicação fracionada visando obter 40kg.ha-1 de Haifa Bônus no total teve como resultado maior altura da planta e maior número de vagens por planta quando comparado com outros tratamentos (Tabela 2). A altura das plantas apresentou resposta positiva ao aumento da dose de Haifa-Bonus. Embora não houvesse diferença estatística no número de vagens por planta, os dados sugerem que a planta tenha uma resposta positiva quando pulverizado. 

Como esperado, observou-se que os valores mais elevados do peso de 1.000 grãos e rendimento aconteceu no experimento com tratamento que foi pulverizado 40kg.ha-1 de Haifa Bonus se comparado com a testemunha e o tratamento que foi pulverizado 20 kg ha-1 (Tabela 3). O alto valor do peso de 1000 grãos refletiu num alto rendimento de campo com a dosagem 40kg.ha-1 de Haifa Bônus. Este resultado são os reflexos das vantagens fisiológicas do K na translocação dos compostos energéticos do grão e consequentemente, o resultado será a melhora do enchimento de grãos. 

Durante esta temporada, o volume de chuva em janeiro e fevereiro foi semelhante aos anos anteriores, no entanto, estas chuvas foram bem distribuídas ao longo do período, que resultou em dias nublados com baixa incidência de luz solar. Juntamente com baixa incidência de luz, tivemos uma alta pressão de inóculos de ferrugem asiática da soja. Visualmente, não foi observada uma menor incidência de ferrugem asiática na soja nos tratamentos com Haifa Bonus quando comparado com a testemunha. No entanto, os tratamentos com Haifa Bonus tiveram maior vigor nas plantas, quando comparado com plantas que não receberam o mesmo fertilizante durante os estágios reprodutivos da cultura, o que pode ser uma consequência de uma menor incidência de ferrugem asiática nesse tratamento. 

Este trabalho confirma o efeito positivo esperado do Haifa Bônus no enchimento de grãos e consequentemente o seu benefício para suportar altos rendimentos. Além disso, devido à alta incidência de ferrugem asiática da soja, este trabalho sinalizou um efeito positivo no aumento da tolerância da soja as doenças fúngicas. Estes resultados podem ser utilizados como uma ferramenta importante para a divulgação dos benefícios do Haifa.bônus.

Aumentando a produção da soja: os benefícios da aplicação do Haifa bônus

You may also be interested in this